Pré casamento em clima urbano – Gabi & Téo

Quando recebi as fotos desse ensaio fiquei super animada para compartilhar com vocês. Sentei na frente do meu notebook e as palavras começaram a fluir…

Conheci a Gabi ano passado em um evento super intimista para apenas 14 leitoras do blog. A Gabi era uma dessas noivas, indicada pela decoradora parceira aos 45 minutos do segundo tempo. Porque? A decoração do evento era a cara do casamento dela! Mal sabia eu que Gabi já se inspirava com as referência do nosso instagram e as histórias de amor publicadas aqui no Noiva do Dia.

Depois de conhecer as referências dessa noiva marcante, eu já sabia que um dia sua história de amor sairia aqui. Eu só não imaginava que seria tão única!

O local

Quando me perguntam sobre locações para o ensaio do casal, eu sempre indico lugares que tenham a ver com os noivos. A Gabi e o Téo escolheram a hamburgueria Páprica Burguer e fizeram o restante das fotos na quadra 107 Norte… deu para sentir o quanto eles ficaram alegres e à vontade em fotografar num ambiente que é a carinha do casal!

História de amor

A Gabi, garota de fé, sempre orava por um bom esposo. Ela fez até uma cartinha para Deus com certas características que seu futuro marido precisaria possuir. Um belo dia, ela resolveu conferir se as características da listinha eram compatíveis com as características de um certo amigo chamado Téo e o resultado foi um “match” perfeito!

Na época não havia qualquer intenção de namoro, mas Deus tinha outros planos…

Téo é um rapaz reservado. Sempre que perguntavam de casamento, a resposta era “eu nunca vou casar”. Certo mês, conheceu a Gabi!

Apesar de estarem no mesmo grupo de amigos, eles não eram tão próximos, até que um dia começaram a se falar! A Gabi conta que todos os amigos diziam que os dois iriam namorar, ou ao menos ficar, mas o Téo pegou todo mundo de surpresa, principalmente a amiga Gabi.

“Foi após uma dança bem desengonçada à luz do luar, na beira do lago, que um brilho começou a surgir nos olhos dele. Sim, ele começou a gostar daquela garota meio imprevisível, que amava passar horas na beira do lago admirando o céu, e que o fazia dançar forró ao som de rock às 4h da manhã no meio da rua.”

“Mais meses se passaram! Os dois se tornaram unha e carne, e finalmente Téo resolveu se abrir e dizer o quanto ele gostava dela! SIM, ELE DISSE! Mas sabe como? Ele a pediu em casamento! É isso mesmo, pessoal! Com ela, ele passou a sonhar e acreditar que o casamento foi sim feito para ele também! E ela, prontamente, disse “tá louco?”. Téo teve que ralar alguns meses com o joelho no chão em oração, mas finalmente eles estavam juntos!”

Sim, eles se casaram! Um grande dia bem diferentão para combinar com a personalidade desses noivos não-convencionais. A Gabi contou que no final da festa todo mundo dizia que havia sido um casamento com a carinha dela e do Téo! Ficou curiosa para saber o final dessa história? Não deixe de acessar o blog nos próximos dias! ;)