05 de Fevereiro de 2018

{Dicas úteis} Como economizar na organização do casamento

Aperte o play para ler o post ouvindo música

 

Uma das coisas que mais assusta os casais que começam a planejar o casamento é o quanto vão gastar com a celebração. Por maior que seja a antecedência e simplicidade da festa, assim que os primeiros orçamentos chegam, bate o susto inicial (ou seria choque? rsrs) e a incerteza se conseguirão juntar todas aquelas siglas para contratar os fornecedores.

É muito comum os noivos sofrerem de ansiedade durante todo o processo por terem o sonho de se casar e, ao mesmo tempo, um orçamento apertado. Isso pode ser muito estressante e definitivamente não queremos que vocês sofram tanto assim! Por isso, reuni algumas dicas práticas que realmente vão te ajudar a reduzir o gasto da sua festa.

como economizar com o casamento noiva do dia

Essas dicas se aplicam tanto para quem já tem uma ideia mais consolidada do casamento quanto para os noivos que ainda não definiram nada e estão abertos a novos insights. Mas uma coisa é certa, para o budget diminuir é necessário que vocês estejam dispostos a abrir mão de alguns detalhes. Não existe milagre, é matemática simples!

Enxugue a lista de convidados

Essa é a forma mais eficiente de gastar menos com o casamento! Pensa comigo: cada convidado a mais representa no mínimo mais comida, mais bebida, mais lembrancinhas… possivelmente mais mesas, mais arranjos, mais staff

Eu sei que lista de convidados costuma ser uma das maiores dificuldades dos noivos (ainda mais quando envolve família grande), mas procurem enxugar o máximo possível restringindo os convites para os familiares e amigos mais próximos.

Cogite a possibilidade de não casar no sábado

Sábado é o dia mais concorrido e, portanto, o dia mais caro para se casar. Procurem se casar em meses menos concorridos e, de preferência, em um domingo ou durante a semana.

Vocês terão mais poder de barganha com os fornecedores (eles precisam preencher agenda e podem estar mais dispostos a flexibilizar na negociação) e, tanto noivas quanto fornecedores garantem que as festas no domingo ou durante a semana duram o mesmo tempo (ou até mais) que as festas no sábado.

Eu me casei num domingo e não me arrependo! :)

Simplifique o formato da festa

Essa é outra escolha delicada mas que também pode reduzir drasticamente o valor do casamento.

No Brasil é comum festa com muita bebida e música até altas horas da manhã (sim, em Recife as festas acabam com o sol alto no céu). Já nos Estados Unidos vemos tantos casamentos em restaurantes, sem um jantar requintado, com brunchs ou almoços mais simples… E confesso que adoro ver noivos dispostos a desapegar do que é supérfluo. Um casamento não precisa ser igual o outro, ele deve se adequar a realidade financeira e personalidade de cada casal.

Hoje tenho visto um aumento cada vez maior de casamentos fora do Brasil, os famosos destination weddings, e elopements – aquele formato onde os noivos fazem uma celebração somente os dois, em algum lugar incrivelmente lindo! Essas são modalidades que cabem muito mais no bolso do que uma tradicional festa brasileira. É uma possibilidade para vocês? Se sim, maravilha! Se joguem nos preparativos e depois mandem as fotos pra gente! hihih

Pesquise, muito!

Estou impressionada com a quantidade de fornecedores altamente criativos que surgiu de uns 3 anos pra cá. Se um fornecedor que está a mais tempo no mercado não conseguir chegar no limite que vocês podem gastar com determinado produto ou serviço, não tenha medo de procurar essa galera nova. Mas claro, busque referências do trabalho, faça o seu dever de casa. Fornecedores de cidades vizinhas também costumam ter preços mais competitivos.

Priorize produtos e serviços (principalmente serviços)

Invista mais no que é fundamental para vocês e economize no que não é tão prioritário. Cada casal tem a sua preferência, mas um bom cerimonial, buffet, fotógrafo e cinegrafista é fundamental em qualquer casamento.

Quem aloca o dinheiro de forma inteligente geralmente se mantém dentro do orçamento. Use nossa planilha para o planejamento financeiro.

Negocie, negocie e depois negocie um pouco mais

Certeza que os fornecedores que lerem isso vão querer me matar mas, gente: quem não chora, não mama! Eles podem não admitir isso, mas todo fornecedor espera dos noivos uma choradinha! Às vezes você não consegue um desconto no valor, mas no final do dia, ganha um benefício bastante vantajoso!

Espero que tenham gostado das dicas. Se conseguirem colocá-las em prática, vão ver como vai o sonho vai ficar mais possível!

Fotos: 1. Wedding by Nato, 2. Dennis Araya, 3. Calebe Cypriano, 4. Agum Tominaga, 5. Gabriel Ribeiro, 6. Heverson Henrique, 7. Libélula Fotografia

 

Confira também:

Organizando o casamento – mini guia da noiva iniciante

Ficou noiva? Comece por aqui!

Case-se de Dia!!

Deixe seu comentário

Os comentários serão moderados.

Siga no instagram @noivadodiaoficial

Juliana Nascimento
Ju Nascimento

Sou a Ju Nascimento, workaholic, advogada, rumo ao quarto ano de casada com meus 28 anos bem vividos (apesar de me considerar uma eterna noivinha). Enquanto algumas mulheres são viciadas em bolsas, sapatos, roupas, esmaltes e cartão de crédito, eu sou completamente viciada em casamentos! LEIA MAIS