Categoria(s): Planejamento

Como Escolher o Buffet do Casamento

Vida de noiva não é nada fácil. Uma simples resposta como “sim” faz com que você seja jogada num universo onde cada decisão, por mais simples que possa parecer, conta e faz toda a diferença. Por isso, hoje nós vamos abordar um tema de grande relevância e que frequentemente tem sido alvo de dores de cabeça muitas noivinhas: o buffet do casamento.

Como Escolher o Buffet do Casamento
Imagem: Carlos Vieira

O buffet será o responsável por preparar os pratos do seu casamento, apresentá-los adequadamente e servi-los aos seus convidados. Um buffet de boa ou de péssima qualidade será sempre lembrado pelos seus convidados, portanto, neste item, vale a pena investir.

Como normalmente você só chegará no buffet após ter definido a data e o local da festa, poderá acontecer uma de três situações: 1. o espaço já oferece o serviço de buffet, então não haverá necessidade de você continuar procurando; 2. o espaço oferecerá uma lista de buffets credenciados para você escolher dentre eles. Não ocorrendo nenhuma dessas duas situações, você cairá automaticamente na terceira hipótese: estará livre para escolher o buffet que desejar, e aí mora o perigo.

Fatalmente o buffet exigirá uma boa parte do orçamento que você reservou para gastar com seu casamento, ainda mais se for um buffet bem conceituado no mercado. Em razão disso, percebo que muitas noivas acabam optando pelos buffets que oferecem o preço mais atrativo e no final das contas acabam pagando caro no seu grande dia.

Para fugir desse cenário, separei algumas dicas com base na minha experiência como noiva (uma vez noiva, sempre noiva, certo?! ;P) para que você não erre na hora de escolher o buffet do seu casamento:

Como Escolher o Buffet do Casamento

1. Consulte a internet, blogs, revistas especializadas em casamentos (aqui em Recife temos a Matrimoni e a Véu e Grinalda que são muito boas, a nível nacional recomendo a Inesquecível Casamento), grupos de noivas locais e recomendações de outras pessoas que, de preferência tenham se casado a pouco tempo.

2. Converse com o seu assessor/cerimonialista e com o coordenador do espaço – caso não tenha vinculação com o buffet – sobre quais empresas que prestam esse serviço, que sejam de confiança e eles possam indicar. Pergunte também se eles já tiveram algum tipo de problemas com algum dos buffets mencionados, isso pode influenciar na sua escolha.

3. Entre em contato com o buffet, solicite orçamentos especificando o perfil da sua festa, data e horário do evento, número de convidados, qual serviço você desejaria contratar para o dia (se coquetel volante, jantar, ilha de massas ou de crepes, mesa de antepastos, almoço, brunch ou algum desses serviços combinados), se haverá bebida alcoólica ou não.

4. Analise todas as propostas recebidas, faça um filtro, selecione 3 ou 4 empresas que mais lhe agrade e se prepare para comer! Minha recomendação é que você escolha apenas empresas que possuam serviços de degustação aberta e, se possível, não vá para essas degustações sozinha. Leve seu noivo, algum parente próximo que esteja envolvido nos preparativos ou assessor/cerimonialista (pode ter certeza que eles perceberão algo que passou batido para você e terão opiniões para ajudar na sua decisão). É muito importante que você esteja atenta a detalhes como apresentação dos pratos, paladar da comida e da bebida, prataria e atendimento pois você estará contratando tudo isso para o seu dia. Verifique também a estrutura do buffet, se ele oferece todos os talheres, taças, copos, guardanapos, sousplat, garçons e maitre ou se você precisará contratar algum item por fora.

5. Verifique quanto tempo as empresas selecionadas estão no mercado, se existe alguma reclamação no Reclame Aqui ou alguma ação judicial contra elas.

Depois de seguir todos esses passos e tomar as precauções cabíveis, você finalmente bateu o martelo e definiu a empresa encarregada pelo buffet do seu casamento. Parabéns! Contudo, antes de assinar contrato, existem dois pontos essenciais que você precisa verificar se estão claramente especificados:

  • ♥ Quem será o representante do buffet no dia do evento? o ideal é que seja a pessoa que está em contato com você desde o início, normalmente é quem te recebe, passa o orçamento, explica minuciosamente a proposta e está presente na degustação. Ela, em geral, não é a responsável pelo preparo dos pratos que serão servidos, mas a responsável pelo buffet no dia do seu casamento. Esse profissional precisará estar presente o dia todo, de preferência até o final do evento, para coordenar a equipe, supervisionar os trabalhos e resolver eventuais problemas.
  • ♥ Você entendeu com clareza seus direitos e deveres? e do buffet? O contrato precisa ser claro e específico em cada detalhe, pois este será um dos maiores custos que você terá no seu casamento. O contrato deverá conter a data do evento, horário, localização, telefones para contato, cardápio detalhado, todas as substituições acordadas, responsabilidades do buffet e do contratante, políticas para um eventual cancelamento, foro para a solução de eventuais conflitos, acordo relativo às bebidas (incluindo as marcas), horário em que os trabalhos de organização deverão começar, pormenores sobre a preparação do evento, serviços de garçom e, claro, quanto tudo isso custará para você. Certifique-se de que tudo o que foi conversado esteja discriminado no contrato.

Bom meninas, é isso. Não sou especialista no assunto mas creio que consegui reunir tudo o que lembrei de falar para vocês nesse momento. A escolha do buffet não é tarefa fácil e esse serviço é essencial para determinar o sucesso ou fracasso da sua festa, escolha com muito cuidado! Graças a Deus não tenho nada a reclamar do buffet que contratei para o meu casamento, mas sei que muuuuitas noivinhas não tiveram a mesma “sorte” que eu, portanto, invistam!

Beijos e até a próxima!

Deixe seu comentário

4 comentários

    1. Oi Aline!!! Os preços variam de buffet para buffet, de região para região!!
      Não tem jeito, tem que fazer pesquisa de mercado!
      Beijoooos
      Ju Nascimento